CPI: Jucá diz que será relator e João Pedro, presidente

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) confirmou hoje que ele será o indicado, pela base do governo, para a relatoria da CPI da Petrobras, que deverá ser instalada esta tarde. Ele também confirmou que os senador João Pedro (PT-AM) será indicado para a presidência da CPI.

Agência Estado |

Jucá disse que vai pedir à oposição que aguarde a conclusão do seu plano de trabalho, na CPI, antes de apresentar requerimentos. "Acho que os requerimentos devem esperar pelo meu plano de trabalho. Antes disso, acho que é açodamento", afirmou.

Às vésperas do início do recesso, o Congresso Nacional marcou para as 15 horas, no Senado, a instalação da CPI da Petrobras. Com maioria expressiva na CPI (oito do total de 11 votos), os líderes governistas vão pôr em campo a tropa de choque para dificultar as investigações. Uma das estratégias da base aliada para embaralhar o trabalho da comissão é propor que as apurações sobre a Petrobras retrocedam ao governo de Fernando Henrique Cardoso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG