CPI: fofoca de Protógenes foi motivo de deslocamento

O diretor da Divisão de Inteligência do Departamento de Polícia Federal, Daniel Lorenz, disse há pouco que ¿maledicência¿ foi a razão que o levou a deslocar as investigações da Operação Satiagraha, sob responsabilidade do delegado Protógenes Queiroz, para uma diretoria sem subordinação à sua.

Congresso em Foco |

Segundo Lorenz, Protógenes teria espalhado de forma mal intencionada a informação de que quem teria vazado para a imprensa a execução da Satiagraha ¿ até então sigilosa ¿ fora o próprio diretor de Inteligência. Horas antes de ser deflagrada a operação, informações secretas das investigações foram veiculadas em matéria publicada em abril pelo jornal Folha de S.Paulo ¿ o que teria propiciado a um dos alvos da operação, o economista Daniel Dantas, a antecipar movimentações e táticas de defesa.

Leia a íntegra no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: cpi grampos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG