CPI dos Cartões pede à PF depoimentos sobre dossiê

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos vai solicitar à Polícia Federal que envie, em 24 horas, as cópias dos depoimentos do secretário de Controle Interno da Casa Civil, José Aparecido Nunes Pires, e de André Fernandes, assessor do senador Alvaro Dias (PSDB-PR), sobre o vazamento de dados relativos a despesas do governo Fernando Henrique Cardoso A CPMI rejeitou requerimento do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) para ouvir representantes do Banco do Brasil sobre a falta de informações nos documentos encaminhados pelo banco à comissão. Segundo Sampaio, a CPMI constatou que o BB deixou de enviar 1.

Agência Estado |

016 itens de gastos. Esses dados, no entanto, já constavam de documentos enviados pelo banco ao Tribunal de Contas da União (TCU) e que foram repassados à CPMI.

Sampaio queria apurar de onde partiu a ordem para suprimir esses dados, que, segundo ele, se referem ao governo Lula e são semelhantes aos que constam do dossiê FHC. A base governista rejeitou esse requerimento por considerar desnecessário chamar um representante do Banco do Brasil. A presidente da CPMI, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), disse que vai fazer requerimento para que o BB envie essas explicações por escrito, de acordo com informações da Agência Câmara.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG