BRASÍLIA ¿ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, nesta sexta-feira, que a criação da CPI da Petrobras ¿é irresponsável, pois parece briga de adolescente¿. Segundo ele, ¿não é uma CPI do Congresso. É muito mais do PSDB.

"Acho estranho um partido que governou oito anos e tem governadores tomar uma decisão irresponsável, afirmou Lula. O presidente disse, ainda, que a criação da CPI é, no mínimo, pouco patriota. O Brasil não pode viver uma eterna CPI.

Seguindo as críticas aos tucanos, Lula disse que a CPI da Petrobras, em sua avaliação, não interessa aos governadores, em especial a José Serra, provável candidato tucano presidência da República. Acho que é interesse de quem precisa se reeleger em 2010 e não tem certeza de sua eleição.

Sobre a criação da CPI, feita nesta manhã pelo vice-presidente do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO), Lula disse que o governo não dormiu no ponto ao deixar que o tucano abrisse a sessão de hoje e autorizasse a leitura da CPI. Não tem cochilo do governo, pois o governo não controla o Congresso.

Por fim, o presidente destacou que justo num momento em que faz viagens à China, Arábia Saudita e Turquia, fechando acordos comerciais e buscando recursos chineses para o pré-sal levantar uma CPI da Petrobras é no mínimo pouco patriótico.

A CPI

O senador Marconi Perillo (PSDB-GO), vice-presidente da Casa, criou, nesta sexta-feira, a CPI da Petrobras. Em sua atitude, considerada estranha, ele quebrou o praxe do funcionamento da casa e o acordo de líderes feito na manhã de quinta-feira. Somente com a retirada de seis assinaturas do pedido, até a meia noite desta sexta-feira, a CPI será suspensa.

O vice-líder do governo no Senado, senador Gim Argelo (PTB-DF), já garantiu que alguns senadores do PMDB, DEM, PDT e PTB sinalizaram a retirada dos nomes do requerimento de criação da CPI.

Isso [uma possível investigação contra a Petrobras] é maior do que se imagina, disse o vice-líder. Não se trata apenas de uma investigação na Petrobras. Temos que pensar que estamos em um momento de crise e estamos nos saindo bem. Mas não podemos correr o risco de pegar a quarta maior empresa do mundo e fazer política com ela. Isto pode mergulhar o País na crise, observou.

Leia também:

Leia mais sobre CPI da Petrobras

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.