Costureiro mata padrasto e esfaqueia filho

O costureiro João Henrique Inhesta, de 44 anos, foi preso, por volta das 21 horas desta terça-feira, 16, em Diadema, no Grande ABC, após esfaquear, durante uma discussão, o filho, Diógenes Inhesta, de 25 anos, que trabalha como cortador, e o padrasto, o pedreiro José Anísio de Carvalho Botelho, 62. O pedreiro, que morava no mesmo terreno do enteado e do neto, na altura do nº 244 da Rua Nagasaki, no Jardim Santa Rita, foi até a casa do enteado para reclamar do barulho.

Agência Estado |

O costureiro então armou-se com uma faca e feriu José Anísio. Diógenes, ao ver o pai esfaqueando o pedreiro, tentou intervir e também foi ferido. As duas vítimas foram levadas por policiais militares para o Hospital Municipal de Diadema, onde José Anísio morreu e o neto dele continua internado.

A dois quarteirões do local do crime, quando fugia, o costureiro acabou preso pelos policiais. Na delegacia, o assassino disse que apenas usou a faca para se defender, mas não mostrou arrependimento. "Se fosse preciso faria outra vez", afirmou João Henrique, que foi autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio no plantão do 3º Distrito Policial de Diadema.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG