Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Coser, que busca a reeleição em Vitória, vota em companhia da família

VITÓRIA - Votaram juntos nesta manhã em dois locais diferentes no bairro do Itararé, zona norte de Vitória, o prefeito da capital do Espírito Santo, João Coser (PT), favorito à reeleição no primeiro turno, e o vice-governador do Estado, Ricardo Ferraço (PSDB, em processo de desligamento), aliados nas eleições municipais, mas adversários na disputa pela indicação do governador Paulo Hartung (PMDB) a substitui-lo em 2010 entre as forças que dão sustentação ao seu governo. Coser estava acompanhado da família, inclusive a filha Carla, de 18 anos, que votou pela primeira vez. Com a mulher, Cristina, Hartung votou cedo, às 9h20, na Escola Brasileira, no bairro de Jardim da Penha, um dos mais nobres da capital capixaba.

Valor Online |

Segundo informação do TRE-ES, até as 15 horas, haviam sido substituídas por causa de defeitos 29 urnas eletrônicas em todo o Estado, o que equivale a 0,04% das 7.134 urnas disponibilizadas para as eleições de hoje.

O TRE-ES informou ainda, no mesmo horário, que o primeiro balanço feito pela Polícia Militar capixaba registrava sete detenções de eleitores, a maioria por fazer propaganda de boca-de-urna. Embora proibida pela legislação, a boca-de-urna era feita livremente na capital capixaba, inclusive em bairros nobres e de grande visibilidade, como a Praia do Canto, sem que os cabos eleitorais fossem incomodados pela fiscalização.

O TRE do Espírito Santo promete encerrar a totalização dos votos nos 78 municípios do Estado até as 20h, três horas após o fim da votação. Dos quatro municípios do Estado que têm número de eleitores suficiente para haver segundo turno, somente em Vila Velha, o maior colégio eleitoral do Estado (272.278 eleitores), é certo que ocorrerá nova rodada de votação no próximo dia 26.

Segundo as pesquisas, o PT deverá ganhar no primeiro turno em Vitória e Cariacica, respectivamente, o terceiro e o quarto maior colégio eleitoral. Nos dois casos, os candidatos, João Coser e Helder Salomão, disputam a reeleição. Em Serra, segundo maior colégio eleitoral capixaba, o candidato Sérgio Vidigal, do PDT, pode se eleger com mais de 90% dos votos válidos. Os municípios fazem parte da Grande Vitória.

(Chico Santos | Valor Econômico para Valor Online)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG