Corveta da Marinha desembarca 133 peças do Airbus

Uma poltrona azul, pedaços da fuselagem, máscaras de oxigênio e roupas de passageiros estão entre as 133 peças do Airbus da Air France desembarcadas na manhã de hoje no Porto do Recife, pela Corveta Caboclo, da Marinha brasileira. Todo o material, sem nenhum vestígio de incêndio, foi inventariado e entregue ao Escritório de Investigações e Análises sobre a Aviação Civil Francesa (BEA).

Agência Estado |

O recolhimento das peças foi acompanhado por representantes do BEA, do Ministério das Relações Exteriores da França e pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Foi o segundo maior lote de destroços desembarcados no Porto do Recife. No primeiro, dia 12, a fragata Constituição trouxe a maior peça resgatada do avião, o estabilizador vertical, onde se localiza o leme da aeronave. Todos os destroços levados à capital pernambucana se encontram em um hangar alugado do Aeroclube do Recife, sob a guarda do BEA, encarregado de investigar as causas do acidente ocorrido na noite do dia 31 de maio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG