Cortador de cana é baleado em protesto em Buritama-SP

Um cortador de cana foi baleado na cabeça durante ato de protesto feito por 500 cortadores que estão em greve desde segunda-feira em Buritama, interior de São Paulo. O cortador Natalino Alves de Oliveira, 24 anos, se desentendeu com um colega, João Batista Gonçalves Ribeiro da Conceição, que, por motivos fúteis, segundo a polícia, disparou um tiro na cabeça de Natalino.

Agência Estado |

Conceição foi preso e Natalino continua internado em estado grave na UTI da Santa Casa de Araçatuba.

Os cortadores foram trazidos do Vale do Jequitinhonha para cortar cana em São Paulo, mas, devido às precárias condições de moradia e de trabalho, entraram em greve. Hoje a greve terminou e 130 trabalhadores decidiram retornar para Minas Gerais. O Ministério Público do Trabalho obrigou a empresa que os contratou a corrigir problemas no refeitório e a indenizar os trabalhadores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG