Correios americanos lançam selo em homenagem a Joséphine Baker

O correio americano lançará quarta-feira um selo com a efígie da cantora e dançarina Joséphine Baker, por ocasião de uma cerimônia de homenagem aos artistas negros no Museu de Artes Decorativas de Newark, em Nova Jersey (leste).

AFP |

O selo reproduz um cartaz do filme em "Princesa Tam Tam" (1935) no qual Baker, nascida nos Estados Unidos em 1906, interpreta o papel de uma africana.

"Tenho certeza de que ela está encantada, de que ficará emocionada ao ver que seu país de origem prestou essa grande homenagem a ela", declarou à AFP Jean Claude Baker, filho adotivo da artista falecida em Paris em 1975 e proprietário do restaurante "Chez Joséphine" em Manhattan.

"Pouquíssimas pessoas têm seu selo: há presidentes dos Estados Unidos e agora, Joséphine Baker", acrescentou.

No ano passado, Baker venceu uma batalha na justiça contra o correio americano que se recusou a distribuir 15.000 cartões postais publicitários representando sua mãe com os seios nus, considerados "pornográficos".

Depois de se tornar famosa em Paris em 1925 com sua "Revue Nègre" que introdziu o jazz e as músicas negras na Europa, a estrela da music-hall obteve a nacionalidade francesa em 1937.

ltl/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG