Corregedoria vai investigar deputado licenciado

A Corregedoria da Câmara não vai se limitar a apurar a eventual participação de cinco deputados no comércio de passagens aéreas. Também será investigado se o deputado licenciado Paulo Bauer (PSDB-SC) concordou com uma venda de créditos do benefício parlamentar. Um servidor admitiu ter comercializado as passagens. Mas afirma que fez tudo mando do chefe de gabinete, que, por sua vez, teria dito estar cumprindo ordens de Bauer. Questionado, o parlamentar licenciado nega qualquer anuência com o comércio de seus bilhetes.

Congresso em Foco |

O hoje secretário de Educação de Santa Catarina diz que ficou sabendo da venda das passagens este ano. Orientado por seu advogado, Bauer pediu que o ex-servidor José Cláudio da Silva Antunes assinasse uma declaração registrada em cartório. Nela, José Cláudio diz que o parlamentar não sabia de nada, segundo Bauer afirmou ao Congresso em Foco .

Leia a reportagem na íntegra no Congresso em Foco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG