CURITIBA - A Corregedoria da Polícia Civil do Estado do Paraná está à procura do delegado Gutemberg Luz Neves Ribeiro e do investigador Jurandir Antônio Mulizini. Na manhã desta sexta-feira, policiais da Corregedoria estiveram na residência de Neves Ribeiro e Mulizini para cumprir os dois mandados de prisão preventiva, mas os acusados não foram localizados. Os policiais são acusados pelo Ministério Público (MP) de receptação, concussão e formação de quadrilha.

Os detalhes da investigação estão sob a responsabilidade do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP.

Os mandados de prisão foram expedidos pela juíza Márcia Regina Hernandez de Lima, do Foro Regional de Pinhais.

O terceiro mandado, contra o escrivão Humberto Tiessi, foi cumprido e o escrivão já está preso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.