Correção: SP arrecada 1,5% mais no trimestre, diz Serra

A nota enviada anteriormente contém um erro. O governador de São Paulo citou o recuo do Produto Interno Bruto (PIB) do País, e não do emprego, como informava a reportagem.

Agência Estado |

Segue o texto corrigido.

Apesar da crise econômica mundial e seus reflexos no Brasil, a arrecadação de impostos no Estado de São Paulo teve crescimento real de 1,5% de janeiro a março de 2009 em relação ao primeiro trimestre de 2008. A informação foi dada pelo governador José Serra (PSDB), durante cerimônia de troca de comando da Polícia Militar (PM) hoje à tarde na capital paulista. Serra ponderou, no entanto, que a arrecadação ficou R$ 733 milhões abaixo do previsto pelo governo para o período. Ele pediu aos secretários para "redobrar a austeridade nos gastos públicos".

O governador garantiu que o fato de a arrecadação ter ficado abaixo do esperado não comprometerá os investimentos públicos planejados para o ano. O tucano fez referência aos impactos da crise mundial no emprego no País. "O Brasil teve o segundo maior retrocesso no PIB (Produto Interno Bruto) em todo o mundo", disse Serra. "O ano é de dificuldade orçamentária e aumento de desemprego." Após a cerimônia, Serra deixou a Academia da Polícia Militar do Barro Branco sem dar entrevista.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG