Correção: Dupla é indiciada por invadir casa de vereador

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção no título. Segue o texto corrigido.

iG São Paulo |

A nota enviada anteriormente contém uma incorreção no título. Segue o texto corrigido.

O delegado Jan Plzak, titular da Delegacia de Repressão a Roubos e Extorsões, do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), indiciou ontem o tradutor Jeferson da Cruz Miranda, de 30 anos, e o ajudante Luciano Marcos Matos, de 36 anos, por participação na invasão à casa do vereador Antônio Carlos Rodrigues (PR), presidente da Câmara Municipal de São Paulo, no bairro do Morumbi, zona sul de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, os investigadores cruzaram vários dados sobre os suspeitos e identificaram a dupla, que já estava presa por outro crime. Miranda, Matos e pelo menos mais três suspeitos invadiram a casa do vereador, levando joias, obras de arte, equipamentos eletroeletrônicos e dois carros, um deles um Astra da Presidência da Câmara. Luciano Marcos Matos já tem várias passagens por roubo. Miranda responde judicialmente por porte de arma.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG