Correção: Cinco tops concentram atenções da SPFW

A matéria Cinco tops consagradas concentram atenções da SPFW , enviada ontem, continha um erro. A Colcci é uma grife catarinense, e não carioca.

Agência Estado |

Segue um novo texto:

Cinco grandes tops internacionais confirmaram presença nas passarelas do São Paulo Fashion Week, que começa amanhã no Pavilhão da Bienal no Parque do Ibirapuera, na zona sul da capital paulista. Uma delas é Gisele Bündchen, a terceira modelo que mais fatura no mundo, que desfila para a grife catarinense Colcci. Há três anos a modelo não aparecia na SPFW e seu retorno despertou ansiedade no meio da moda. Considerada a top número 1 do mundo pelo site Models.com, referência do setor, Raquel Zimmermann também virá pela Animale, uma grife carioca.

As outras modelos também são disputadas pelas grifes internacionais. A diferença é que não são tão populares, entre o público em geral, pelo fato de estarem mais no exterior do que no País. Bruna Tenório, por exemplo, é a garota propaganda da Dolce & Gabbana. Há outdoors com suas fotos espalhados por Milão e por Nova York. Um pouco mais nova na carreira, Izabel Goulart é uma das novas modelos da grife de lingeries Victoria's Secret. Ela posou para grandes campanhas de Armani, Emanuel Ungaro e Hugo Boss. Carol Trentini, além de participar de inúmeros desfiles, virou celebridade internacional principalmente por cair nas graças de Anna Wintour, editora-chefe da Vogue americana.

"As tops agregam valor ao evento", disse Silvio Passarelli, professor de Gestão do Luxo, da Faculdade Armando Alvares Penteado. "Como elas são grandes nomes internacionais, o público sabe o poder que essas mulheres têm de escolher o trabalho. O fato de elas participarem da SPFW significa que o evento é realmente bom." A presença das tops funciona como um endosso da qualidade da temporada paulistana. "Elas não viriam para um acontecimento regional."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG