Correção: Casos suspeitos de gripe suína somam 15

A nota enviada anteriormente contém um erro. O número de casos de gripe suína monitorados no Brasil era de 37 ontem e não de 41, como informado.

Agência Estado |

Segue o texto corrigido:

O número de casos suspeitos de gripe suína - influenza A H1N1 - no Brasil passou de 14 para 15 entre ontem e hoje. Um novo caso foi registrado no Distrito Federal e outro no Estado do Mato Grosso. No Rio de Janeiro, agora há três casos suspeitos - até ontem eram quatro registrados. As informações foram divulgadas nesta tarde pelo Ministério da Saúde. Os números de casos suspeitos nos Estados de São Paulo (6), Minas Gerais (3) e Espírito Santo (1) foram mantidos.

São considerados suspeitos os casos de pessoas que apresentem febre alta de maneira repentina e tosse podendo estar acompanhadas dos seguintes sintomas: dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações ou dificuldade respiratória ou ainda que apresentem sintomas até 10 dias após sair de países que reportaram casos da doença. Há ainda a possibilidade de as pessoas terem mantido contato próximo, nos últimos 10 dias, com uma pessoa classificada como caso suspeito da doença.

De acordo com relatório divulgado, cresceu também o número de casos da doença sob monitoramento, para 44 - até ontem eram 37. Um novo caso em monitoramento foi registrado em Minas Gerais (agora com cinco no total); outro no Rio de Janeiro (com três no total); e cinco em São Paulo (agora com sete).

São considerados casos em monitoramento aqueles de pessoas procedentes de países não afetados, viajantes procedentes de voos internacionais nos últimos 10 dias e que apresentem os sintomas de acordo.

O Ministério da Saúde divulgou também que foram descartados 43 casos, a maior concentração registrada em São Paulo, com 21 no total, seguido pelo Estado do Rio de Janeiro, com nove casos descartados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG