A nota enviada anteriormente contém um erro no nome do traficante. Segue o texto corrigido: O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi condenado nesta tarde a 15 anos de prisão.

Ele foi considerado mandante do assassinato do traficante João Morel, ocorrido em janeiro de 2001, dentro da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande (MS).

Os sete jurados, cinco mulheres e dois homens, concordaram com a tese da Promotoria de que ele ordenou o homicídio duplamente qualificado - por motivo torpe e cruel. Eles não aceitaram a terceira qualificação de que o crime seria por pagamento.

O julgamento durou 9 horas e 20 minutos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.