Corrêa diz que há indícios de participação de Protógenes em campanha política

RIO DE JANEIRO - O diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, disse nesta segunda-feira que há indícios da participação do delegado Protógenes Queiroz em uma campanha política no interior de Minas Gerais em 2008.

Agência Brasil |

Segundo consta, houve uma participação dele em um programa. A Corregedoria [da PF] está instaurando um procedimento [para apurar o caso], afirmou Corrêa.

De acordo com o diretor-geral da PF, os servidores públicas da ativa não podem se envolver em campanhas políticas.

Se for confirmada a sua participação na campanha eleitoral no interior de MG, a Protógenes pode ser punido. O final disso só a conclusão do procedimento poderá dizer,. Não vamos antecipar sentença, disse Corrêa.

Em relação à possível candidatura de Protógenes a uma vaga para a Câmara dos Deputados em 2010, Corrêa preferiu não comentar. Disse apenas que qualquer cidadão tem o direito de se candidatar a cargos eletivos, desde que cumpra os procedimentos legais.

Leia mais sobre: Protógenes

    Leia tudo sobre: protógenes queiroz

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG