Os corpos do cartunista Glauco Villas-Boas, de 53 anos, e de seu filho Raoni, de 25, chegaram por volta das 14h35 desta sexta-feira na Igreja Céu de Maria, em Osasco, na Grande São Paulo, onde serão velados. A pedido da família, o velório, que ainda não teve o horário divulgado, será uma cerimônia reservada.

Os dois foram baleados na noite de ontem, após uma discussão com um conhecido da família que disse que iria se matar. O jovem estava armado. A polícia suspeita que o universitário Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, tenha cometido o crime. Ele teria disparado pelo menos oito vezes contra as vítimas. Em seguida, o rapaz teria fugido em um carro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.