Corpos de duas mulheres são retirados dos escombros

A cidade mais castigada pelas chuvas que caem sobre o estado do Rio desde a noite de segunda-feira, Niterói, a 15 km da capital, sofreu com um novo deslizamento de terra pouco antes das 22h. Segundo a prefeitura da cidade, entre 30 casas e 50 casas teriam sido soterradas e mais de 50 pessoas estariam sob os escombros.

Agência Estado |

Até às 23h30 de ontem, os corpos de duas mulheres tinham sido encontrados e um sobrevivente havia sido encaminhado ao Hospital Universitário Antônio Pedro. Com o deslizamento, aumentou para 147 o número de vítimas fatais da enxurrada, das quais 81 em Niterói.

O deslizamento aconteceu no morro do Bumba, no bairro de Viçoso Jardim e, segundo a prefeitura, as casas atingidas estariam todas habitadas. Na hora, chovia e ventava muito na região, na zona norte de Niterói, a área mais afetada pelo temporal. Pouco depois da tragédia, moradores estavam desesperados, chorando, gritando nomes de parentes e tentando ajudar com as próprias mãos as equipes dos bombeiros que foram desviadas de outros locais para tentar encontrar soterrados.

A dificuldade do resgate, segundo a prefeitura, era ter o cuidado na retirada dos entulhos para evitar ferir pessoas que estivessem embaixo dos escombros. Como a luz foi cortada para evitar explosões e incêndios, era difícil saber a extensão e a quantidade de terra que cobriu as casas mas a informação do Corpo de Bombeiros era de que este seria o maior deslizamento desde o início das chuvas .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG