Corpo é achado em carregamento de areia do Metrô

SÃO PAULO - Um corpo com idade entre 20 e 30 anos foi encontrado na madrugada desta quinta-feira em meio a um carregamento de areia no canteiro central do Consórcio Via Amarela, no bairro do Jaguaré, na zona oeste de São Paulo, segundo informações da assessoria da empresa, que realiza obras da Companhia do Metropolitano (Metrô).

Agência Estado |

O corpo, aparentemente de um morador de rua, foi localizado por funcionários do canteiro de obras do Jaguaré depois que a máquina que faz a mistura do concreto travou por causa do cobertor que o envolvia. De acordo com uma agente do 14º Distrito Policial (DP), de Pinheiros, a vítima trajava calça jeans e blusa de lã.

Segundo a policial, o carregamento de areia, fornecido por uma empresa terceirizada do Consórcio Via Amarela, veio da cidade de Itu, no interior paulista. Assim que chegou, a areia foi despejada na máquina que processa o concreto usado na obra da estação Pinheiros. Os funcionários acionaram a Polícia Militar (PM).

Após os trabalhos dos peritos do Instituto de Criminalística (IC), o cadáver foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) Central. O caso foi registrado como morte a esclarecer. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) fará a investigação.

Leia mais sobre: morte

    Leia tudo sobre: morte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG