Corpo do pai do cantor Buchecha é sepultado no Rio

Centenas de parentes e amigos estiveram presentes na tarde deste domingo no enterro do corpo de Claudino de Souza Filho, pai do cantor Buchecha. O sepultamento ocorreu às 16h no cemitério Maruí, no município de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Muito abatido, Buchecha preferiu não falar com a imprensa.

iG Rio de Janeiro |

Divulgação

Buchecha, à direita, sofre mais uma perda

Claudino Filho, de 61 anos, morreu no início da madrugada de domingo após uma discussão em um bar próximo a sua casa, no bairro Mutuá, no município de São Gonçalo, também na Região Metropolitana do Rio. Para o delegado titular da 72ª DP (São Gonçalo), Adilson Palácio, o assassino era conhecido da vítima.

Depois da discussão, o pai de Buchecha teria ido a sua casa e retornado ao bar, segundo a polícia. No momento em que voltou, sofreu os disparos. Normalmente pessoas frequentadoras de um bar se conhecem, disse o delegado ao iG .

Quatro disparos atingiram o pai de Buchecha. Ainda não sabemos se o autor dos disparos é o mesmo homem que discutiu com ele, afirmou o delegado.

Palácio disse que já tem informações preliminares das pessoas que estavam no bar, mas prefere aguardar depoimentos da família para avançar nas investigações. Nesta segunda-feira, devem comparecer à delegacia para prestar esclarecimentos o dono do bar e alguns amigos e parentes da vítima.

A morte do pai é mais uma perda na história de Buchecha. O cantor perdeu o parceiro e amigo Claudinho, com quem formava uma das duplas de funk mais conhecidas do Brasil. A dupla Claudinho e Buchecha fez sucesso de meados da década passada até a morte de Claudinho, em 2002.

Leia mais sobre: Buchecha

    Leia tudo sobre: crimepolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG