Corpo de Zilda Arns deve chegar ao Brasil amanhã

O corpo da médica Zilda Arns Neumann, de 75 anos, deve chegar ao Brasil amanhã pela manhã, segundo informações da Pastoral da Criança. Uma reunião na sede da Pastoral, na tarde de hoje, deverá decidir os horários do velório e do enterro.

Agência Estado |

O corpo de Zilda, que está na base do Exército brasileiro no Haiti, ainda aguarda um documento para a liberação, segundo a Pastoral. O corpo deve partir na manhã de sexta-feira para Brasília, e depois seguir para Curitiba, onde deve ser velado no Palácio das Araucárias, sede do governo do Paraná.

Nota sobre o falecimento

Em nota, divulgada na manhã de hoje, o senador Flávio Arns, sobrinho de Zilda Arns, relatou de Porto Príncipe, no Haiti, as circunstâncias da morte da tia.

"A Dra. Zilda estava em uma igreja, onde proferiu uma palestra para cerca de 150 pessoas. Ela já tinha acabado seu discurso e estava conversando com um sacerdote, que queria mais informações sobre o trabalho da Pastoral da Criança. De repente, começou o tremor. O padre que estava conversando com ela, deu um passo para o lado e a Dra. Zilda recuou um passo e foi atingida diretamente na cabeça, quando o teto desabou. Ela morreu na hora.

A Dra. Zilda não ficou soterrada. O resto do corpo não sofreu ferimentos, somente a cabeça foi atingida. O sacerdote que conversava com ela sobreviveu. Já outros quinze sacerdotes que estavam próximos a ela faleceram".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG