Foi encontrado ontem o corpo do policial civil Sandro Luiz Gonzaga Fernandes Marques, de 35 anos. Neto do compositor Luiz Gonzaga, o Gonzagão, ele estava desaparecido desde a manhã de quinta-feira, quando teve seu carro roubado perto de sua casa, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o corpo do inspetor estava perto de um retorno da Rodovia Washington Luiz, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) do município.

O delegado Marcus Vinicius, da Delegacia de Combate às Drogas, informou que dois suspeitos de envolvimento no crime estão detidos. Marques ingressou na Polícia Civil em 2002. Inicialmente, atuou na 37ª Delegacia de Polícia, da Ilha do Governador. Depois, passou para a Assessoria de Estatística e Planejamento e, desde 2005, estava lotado na Corregedoria Interna da corporação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.