Corpo da ex-modelo Pia Nascimento é enterrado no Rio de Janeiro

Dezenas de parentes e amigos compareceram na tarde deste domingo ao enterro da ex-modelo, socialite e consultora de moda Penha Ferreira do Nascimento, mais conhecida como Pia Nascimento. O sepultamento aconteceu por volta das 14h no cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro.

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Anderson Dezan/US

"A morte dela foi um choque", diz Barragat

Pia Nascimento, de 66 anos, foi encontrada morta por uma amiga em sua residência na Urca, também na zona sul, na noite da última sexta-feira. A vítima estava no chão da cozinha coberta por um lençol branco e com ferimentos, possivelmente a facadas, no pescoço.

A morte dela foi um choque. Ela não merecia morrer de uma forma tão violenta. A Pia era uma pessoa adorável, de muitos amigos. Ela deixa para nós a imagem da beleza e do glamour, disse muito emocionado o produto cultural Paulo Roberto Barragat, amigo da ex-modelo há mais de 30 anos.

Crime

A Polícia Civil já possui um suspeito pela morte da socialite . De acordo

Reprodução

A ex-modelo Pia Nascimento

com amigos, ela vinha sofrendo ameaças recentemente do filho de um ex-caseiro, que teria envolvimento com drogas. Agentes da Divisão de Homicídios realizam buscas para encontrá-lo.

O ex-caseiro teria ido trabalhar com a consultora de moda após a morte do seu segundo marido, o italiano Antonino Cefalo, há cerca de um ano. Ele não estaria mais prestando serviços há três meses.

Uma das hipóteses trabalhada para esclarecer o crime é a de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. Uma faca supostamente usada na morte foi achada na casa da vítima e os cômodos do segundo andar estavam revirados.

A casa possui sistema de alarme, mas o equipamento não foi acionado na suposta invasão. Vizinhos relataram à polícia não ter ouvido nenhum barulho durante o crime ou notado qualquer tipo de movimentação. Segundo amigos de Pia Nascimento, a residência da ex-modelo já havia sido assaltada outras vezes.

Carreira

Após ter encerrado suas atividades como modelo, Pia Nascimento continuou participando de eventos ligados à moda. Ela passou a morar sozinha após a morte do segundo marido, o italiano Antonino Cefalo.

Em abril de 1976, a ex-modelo foi capa da revista masculina Homem, que mais tarde viria a se chamar Playboy. Ela também fez uma participação no filme Roleta Russa, de 1972, dirigido por Bráulio Pedroso e produzido por Ibrahim Sued.

Reprodução

Pia Nascimento nas páginas da revista "Homem", na década de 70

Pia Nascimento era tida por amigos como uma pessoa muito simpática e saía diariamente pelas ruas da Urca para passear com seus cachorros ¿ dois poodles. A ex-modelo passou o carnaval em Búzios e retornou ao Rio porque iria assistir ao Desfile das Campeãs, no Sambódromo, no sábado.

Ela era uma pessoa muito simples, extrovertida e com muitos amigos. A Pia era muito envolvente e vai deixar saudades, contou o jornalista Luiz Carlos Lourenço, que iria se reunir com a vítima nesta semana para esboçar o livro que ela queria produzir sobre sua carreira na moda.

Leia mais sobre: Pia Nascimento

    Leia tudo sobre: assassinatolatrocínio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG