Corpo da ex-modelo Pia Nascimento é enterrado no Rio de Janeiro

Socialite foi encontrada morta por uma amiga em sua residência na Urca

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Dezenas de parentes e amigos compareceram na tarde deste domingo (21) ao enterro da ex-modelo, socialite e consultora de moda Penha Ferreira do Nascimento, mais conhecida como Pia Nascimento. O sepultamento aconteceu por volta das 14h no cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro.

Anderson Dezan/US
Paulo Roberto Barragat

Pia Nascimento, de 66 anos, foi encontrada morta por uma amiga em sua residência na Urca, também na zona sul, na noite da última sexta-feira. A vítima estava no chão da cozinha coberta por um lençol branco e com ferimentos, possivelmente a facadas, no pescoço.

"A morte dela foi um choque. Ela não merecia morrer de uma forma tão violenta. A Pia era uma pessoa adorável, de muitos amigos. Ela deixa para nós a imagem da beleza e do glamour", disse, muito emocionado, o produto cultural Paulo Roberto Barragat, amigo da ex-modelo há mais de 30 anos.

Crime

A Polícia Civil já possui um suspeito pela morte da socialite. De acordo com amigos, ela vinha sofrendo ameaças recentemente do filho de um ex-caseiro, que teria envolvimento com drogas. Agentes da Divisão de Homicídios realizam buscas para encontrá-lo.

Reprodução
Pia Nascimento

O ex-caseiro teria ido trabalhar com a consultora de moda após a morte do seu segundo marido, o italiano Antonino Cefalo, há cerca de um ano. Ele não estaria mais prestando serviços há três meses.

Uma das hipóteses trabalhada para esclarecer o crime é a de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. Uma faca supostamente usada na morte foi achada na casa da vítima e os cômodos do segundo andar estavam revirados.

A casa possui sistema de alarme, mas o equipamento não foi acionado na suposta invasão. Vizinhos relataram à polícia não ter ouvido nenhum barulho durante o crime ou notado qualquer tipo de movimentação. Segundo amigos de Pia Nascimento, a residência da ex-modelo já havia sido assaltada outras vezes.

Carreira

Após ter encerrado suas atividades como modelo, Pia Nascimento continuou participando de eventos ligados à moda. Ela passou a morar sozinha após a morte do segundo marido, o italiano Antonino Cefalo.

Reprodução
Pia Nascimento na revista "Homem", nos anos 70

Em abril de 1976, a ex-modelo foi capa da revista masculina Homem, que mais tarde viria a se chamar Playboy. Ela também fez uma participação no filme "Roleta Russa", de 1972, dirigido por Bráulio Pedroso e produzido por Ibrahim Sued.

Pia Nascimento era tida por amigos como uma pessoa muito simpática e saía diariamente pelas ruas da Urca para passear com seus cachorros - dois poodles. A ex-modelo passou o carnaval em Búzios e retornou ao Rio porque iria assistir ao Desfile das Campeãs, no Sambódromo, no sábado.

"Ela era uma pessoa muito simples, extrovertida e com muitos amigos. A Pia era muito envolvente e vai deixar saudades", contou o jornalista Luiz Carlos Lourenço, que iria se reunir com a vítima nesta semana para esboçar o livro que ela queria produzir sobre sua carreira na moda.

    Leia tudo sobre: Pia Nascimentoassassinatoviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG