Coronel morre baleado no Rio após tiroteio

O coronel do Exército Cid Caluzo Ferreira, de 54 anos, morreu baleado por um criminoso durante um tiroteio na noite de sexta-feira entre policiais e assaltantes na Auto-Estrada Lagoa-Barra, em São Conrado, na zona sul do Rio. A troca de tiros começou quando dois homens em uma moto tentaram roubar um carro onde estavam quatro policiais militares lotados na Secretaria de Segurança Pública, em frente ao Shopping São Conrado Fashion Mall.

Agência Estado |

Os PMs reagiram e balearam os dois criminosos. Mesmo ferido, Alexandre da Cruz Paula, o Cobra, conseguiu fugir e atravessou uma pista da auto-estrada. Quando cruzava a segunda pista, o assaltante quase foi atropelado pelo carro do coronel e fez um disparo que atingiu o militar no peito. O criminoso e o oficial foram levados para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, mas não resistiram e morreram. O outro assaltante baleado permanece internado em estado estável.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG