Coronel linha dura assume vaga de Clodovil na Câmara

BRASÍLIA - O Coronel Lira de Paes, de 55 anos, irá assumir a vaga de Clodovil Hernandes na Câmara dos Deputados. O militar chegou a ser anunciado como deputado, puxado pelos votos recebidos por Clodovil, mas perdeu a vaga diante da recontagem de votos em São Paulo. Intitulado como suplente, ele assume o gabinete após ser confirmada a morte cerebral de Clodovil nesta terça-feira.

Sarah Barros, Último Segundo/Santafé Idéias |

Lira teria entrado como deputado federal em 2007 devido ao grande número de votos recebidos por Clodovil, que somou mais de 493 mil. Lira recebeu cerca de 7 mil votos no pleito de 2006. À época, defendeu a pena de morte, repudiou a liberação do aborto e a união civil entre homossexuais. Também se declarou contra o desarmamento. 

O novo deputado paulista tem o curso superior na Academia do Barro Branco e pós-graduação na Universidade Mackenzie. Lira trabalhou na Polícia Militar por 35 anos. Antes de ir para a reserva, o coronel foi Comandante do Policiamento Metropolitano.

    Leia tudo sobre: clodovil hernandes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG