Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Coronel depõe sobre suposta negociação de policial com bandidos no Rio

O comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária, coronel Carlos Henrique Alves de Lima, presta depoimento nesta segunda-feira na Corregedoria da Polícia Militar do Rio de Janeiro para esclarecer a morte do cabo Guttemberg Conceição, de 32 anos.

Agência Estado |

O policial foi morto no sábado quando supostamente negociava a devolução do carro da mulher do coronel, roubado por bandidos do Morro da Pedreira, em Costa Barros, no subúrbio da cidade.

De acordo com parentes da vítima, o cabo era motorista do coronel e foi a mando do oficial pagar o resgate de R$ 2 mil pelo carro.

A negociação teria ocorrido por meio do celular da mulher do coronel, que foi roubado junto com o veículo. O cabo e o coronel foram até a favela em uma viatura descaracterizada. Apenas o cabo subiu o morro onde foi morto por vários tiros. O carro não foi recuperado.

Leia mais sobre: violência

Leia tudo sobre: rio de janeiroviolência

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG