Copom cortará Selic em 2 pontos até dezembro--Focus

Por Renato Andrade SÃO PAULO (Reuters) - O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deve cortar a taxa básica de juro brasileira em mais 2 pontos percentuais até dezembro, diante de um cenário de inflação sob controle e crescimento econômico reduzido, mostrou pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

Reuters |

De acordo com o levantamento semanal feito pelo BC com analistas e empresários no país, as projeções indicam que a taxa Selic deve continuar sendo reduzida ao longo dos próximos meses até atingir o patamar de 10,75 por cento em dezembro.

Em janeiro, o Copom fez o primeiro corte da taxa desde setembro de 2007, reduzindo a Selic em 1 ponto percentual, para 12,75 por cento ao ano.

A estimativa para dezembro está 0,25 ponto percentual menor do que a indicada na pesquisa anterior.

O ciclo de corte do juro deve se estender até 2010, quando os analistas apostam que a taxa encerrará o ano em 10,50 por cento.

A próxima reunião do Copom acontece em 10 e 11 de março. Analistas estão divididos entre um corte de 0,75 ponto ou de 1 ponto percentual.

O cenário traçado pelo mercado para o comportamento do juro leva em conta uma perspectiva de inflação sob controle e crescimento econômico baixo.

Para a inflação, a estimativa para a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2009 caiu para 4,60 por cento ante 4,64 por cento na pesquisa anterior. Para 2010, a projeção continua apontando uma alta de 4,50 por cento.

A meta de inflação definida pelo governo para os dois anos é de 4,50 por cento, com margem de variação de 2 pontos percentuais, para cima ou para baixo.

Em termos de crescimento, os cálculos dos analistas consultados pelo BC apontam para uma expansão de 1,80 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009, seguida por um avanço de 3,80 por cento em 2010.

Até semana passada, os analistas acreditavam que a economia brasileira cresceria 2 por cento em 2009.

O cenário traçado para a taxa de câmbio continua estável. As apostas indicam que o dólar deve encerrar o ano valendo 2,30 reais. Para 2010, a projeção é que a moeda norte-americana estará valendo 2,29 reais em dezembro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG