Copom confirma expectativas e mantém juro em 8,75%

BRASÍLIA (Reuters) - O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu manter a taxa básica de juro em 8,75 por cento ao ano na última reunião de 2009. A decisão desta quarta-feira foi unânime e confirmou as expectativas do mercado.

Reuters |

"Levando em conta, por um lado, a flexibilização da política monetária implementada desde janeiro, e por outro, a margem de ociosidade remanescente dos fatores produtivos, entre outros fatores, o comitê avalia, neste momento, que esse patamar de taxa básica de juros é consistente com um cenário inflacionário benigno", afirmou o colegiado do Banco Central em comunicado.

O Copom acrescentou que o nível atual do juro contribui para "assegurar a manutenção da inflação na trajetória de metas ao longo do horizonte relevante e para a recuperação não inflacionária da atividade econômica".

Pesquisa da Reuters na semana passada mostrou que todas as 23 instituições financeiras consultadas já esperavam a manutenção da Selic, mas divergiam sobre 2010.

De 21 analistas que detalharam as expectativas para a atuação do BC à frente, dez acreditavam que o Copom elevará a taxa básica no primeiro semestre de 2010, seis achavam que alta ocorrerá na segunda metade do ano que vem, um esperava elevação entre junho e julho e quatro estimavam mudança apenas em 2011.

(Reportagem de Isabel Versiani; Texto de Daniela Machado)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG