Copacabana concentra 65% do policiamento especial do Rio no réveillon

Copacabana vai concentrar 65% dos policiais escalados para os pontos da cidade do Rio que terão segurança especial na noite de réveillon. O bairro deve receber dois milhões de pessoas para celebrar a virada com tradicional queima de fogos e shows e DJs distribuídos em quatro palcos ao longo da praia. A Polícia Militar informou hoje que 1.473 homens e 131 viaturas farão o policiamento do local.

Sabrina Lorenzi, iG Rio de Janeiro |

Pela primeira vez, a Polícia Militar vai usar câmeras israelenses com capacidade para monitorar toda a orla. Os equipamentos serão instalados em microônibus, de onde também será possível acessar câmeras da CET-Rio e da própria PM espalhadas pelos principais pontos da festa. A parceria entre estado e prefeitura foi reforçada neste ano, segundo informações de militares e órgãos municipais. Comunidades como Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, que recebem muitos turistas, também terão reforço policial.

A PM também vai inovar na disposição das torres de observação, que neste ano serão instaladas na areia e não apenas no calçado, como em anos anteriores. Com três metros de altura, serão 30 unidades ao longo da praia de Copacabana. Outras 8 torres vão ajudar policiais no monitoramento da festa de réveillon do piscinão de Ramos.

Para Ramos, a PM vai destinar 125 policiais e 17 viaturas. Botafogo e Flamengo contarão com 95 homens e 48 viaturas, enquanto a Zona Oeste vai ser protegida com o trabalho de 579 policiais e 110 carros.

Em todo o estado do Rio, o número de policiais escalados para a virada do ano chega a 11.772, com 1.698 viaturas. O total supera em 5,36% o número de policiais que trabalharam no mesmo período do ano passado.

Para Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Região dos Lagos foram escalados 970 policiais. A Baixada receberá 1.041 homens para promover a segurança da região. No interior do estado serão 2.159 efetivos.

O esquema especial inclui ainda o monitoramento de estradas e vias expressas. Serão destinados 150 policiais para o trânsito da Avenida Brasil e para as linhas Vermelha e Amarela. Para as rodovias que levam à Região dos Lagos, procurada por turistas nesta época do ano, a PM destinará 140 homens. O comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária , coronel Leonardo Tavares, alerta que a chuva forte prevista para o dia da virada é preocupante para os motoristas, principalmente para quem pretende viajar para a Região Serrana.

Além dos policiais da PM, as festas de réveillon, sobretudo Copacabana, serão monitoradas por efetivos da Guarda Municipal, que planeja um choque de ordem na virada . Para Copacabana, a prefeitura prevê enviar 1.300 homens.


    Leia tudo sobre: copacabanareveillon

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG