Coordenador do AfroReggae é morto em assalto no Rio

O coordenador da equipe técnica social do grupo cultural AfroReggae, Evandro João da Silva, de 42 anos, foi assassinado na madrugada de domingo no Centro do Rio. Evandro estava a caminho de uma boate na praça XV, por volta das 1h30, quando foi abordado por bandidos na esquina das ruas do Ouvidor e do Carmo.

Agência Estado |

Ele foi enterrado na tarde de hoje, no cemitério São Francisco Xavier, no Caju, zona portuária da cidade.

Segundo informações da polícia, Evandro estava a caminho da boate com um amigo, que andava na frente do coordenador do AfroReggae. Pouco depois, o amigo ouviu pedido de socorro, mas quando chegou ao local o coordenador do Afroreggae estava no chão, ferido na barriga. Sua carteira e seus tênis haviam sido roubados. O criminoso fugiu, mas deixou a arma, um revólver calibre 38, próximo ao local do crime.

A polícia trabalha com a hipótese de assalto. A suspeita é que o assaltante tenha se assustado com o grito de socorro e atirado em Evandro, que foi atingido na altura do umbigo. As investigações estão sob a responsabilidade da 5ª Delegacia Policial, do Centro, com apoio da Delegacia de Homicídios. Criado em Vigário Geral após a chacina que terminou com 21 mortos na comunidade, o AfroReggae tem hoje núcleos em outras quatro favelas da cidade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG