Continua a greve dos motoristas de ônibus de Fortaleza

FORTALEZA - Uma tentativa de acabar com a greve dos motoristas e trocadores de ônibus foi frustada nesta terça-feira pela manhã, na Assembléia Legislativa. Um grupo de grevistas mostrou aos deputados a insatisfação da classe ao reajuste de 5%, negociado entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) e os empresários.

Agência Nordeste |

Com o reajuste, os trocadores passaram a receber R$ 560,00 e os motoristas R$ 1.020,00. No entanto, representantes da categoria ligados ao movimento Com Lutas pedem 28% de aumento.

De acordo com o motorista Sales Ribeiro, a classe não está satisfeita com a atual gestão do Sindicato. No próximo sábado, acontecerá uma assembléia para decidir os rumos da greve. Os fortalezenses estão utilizando para se deslocar o transporte alternativo e os poucos ônibus que circulam fora dos sete terminais da integração.

Leia mais sobre: greve de ônibus

    Leia tudo sobre: greve de ônibus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG