QUITO (Reuters) - O presidente do Equador, Rafael Correa, conseguiu a reeleição com uma ampla vantagem nas eleições de domingo no Equador, segundo uma rápida contagem autorizada pelas autoridades eleitorais do país. Correa teria conseguido cerca de 51 por cento dos votos, de acordo com a contagem preliminar, mais de 20 pontos acima de seu principal rival, o ex-presidente Lucio Gutiérrez.

A contagem, com margem de erro de 1 pontos percentual, confirma uma vitória em primeiro turno de Correa.

Duas pesquisas de boca-de-urna deram a Correa aproximadamente 55 por cento dos votos.

(Por Alonso Soto)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.