Contag entrega pauta de reivindicações a Lula

A Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura (Contag) entregou ontem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva um documento com a pauta de reivindicações que integrarão a edição deste ano do Grito da Terra Brasil. O ato está previsto para o fim de maio, em Brasília.

Agência Estado |

O documento, com 203 itens, tem como principais pontos a defesa da reforma agrária, a institucionalização das políticas públicas para a agricultura familiar e as mudanças na legislação ambiental. Mas somente dentro de 30 dias o governo vai dar resposta às reivindicações.

No encontro, Lula determinou que os ministros do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Dulci, que participaram da reunião, apresentem no fim de maio o que será possível atender. Os representantes da Contag pediram ao governo federal R$ 22 bilhões para o Plano Safra de 2010. Lula questionou se o pedido era realista, já que, no Plano Safra 2008-2009, foram pedidos R$ 13 bilhões e só R$ 11 bilhões foram gastos.

O novo presidente da Contag, Alberto Broch, defendeu a criação de um crédito global para a propriedade, em vez dos valores gradativos para cada tipo de cultura. Ele defendeu, também, a flexibilização das garantias exigidas pelos bancos e mudança dos índices de produtividade. De acordo com Broch, os atuais índices de produtividade são inviáveis para fazer a reforma agrária. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG