Consumo de energia cai 2,9% em abril com crise e menos dias

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O consumo de energia elétrica no Brasil em abril caiu 2,9 por cento comparado há um ano, puxado pelo recuo do setor industrial, mas afetado também pelo menor número de dias em abril este ano devido aos feriados e por uma temperatura mais amena, informou o Operador Nacional do Sistema (ONS). Em relação a março no entanto, o consumo, que é medido pela carga enviada pelo ONS ao Sistema Nacional Interligado (SIN), subiu 1,8 por cento.

Reuters |

"A indústria continua sendo o segmento mais afetado pelo novo cenário macroeconômico e o que mais tem influenciado na evolução da carga", afirmou o ONS em nota nesta segunda-feira.

O subsistema Sudeste/Centro-Oeste foi o que apresentou maior queda, por conter a maior parte do parque industrial do país, registrando redução de 4,9 por cento no consumo de energia na comparação anual.

O subsistema Sul foi o único a ficar positivo, subindo 1,8 por cento em relação a abril de 2008, com impacto menor no ritmo de produção industrial do que em outras regiões.

"A estiagem e temperaturas mais elevadas no Rio Grande do Sul também contribuíram para aumento da carga", ressaltou o órgão.

O subsistema Norte teve queda de 1 por cento no consumo em abril contra igual mês do ano anterior, prejudicado pela predominância de empresas eletrointensivas voltadas para o mercado externo.

(Por Denise Luna)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG