BRASÍLIA, 7 de dezembro (Reuters) - Na semana que vem, o governo disponibiliza em consulta pública o edital e o cronograma de licitação do trem de alta velocidade ligando o Rio de Janeiro a São Paulo. O tema foi assunto de reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com ministros nesta segunda-feira. Segundo o Planalto, o diferencial entre os concorrentes será o preço da tarifa e a transferência de tecnologia.

O edital prevê que a empresa que vencer a licitação deverá fazer a construção do trem-bala, além da manutenção, que deve ser fornecida durante 40 anos.

A previsão é que em janeiro sejam realizadas as audiências públicas e que o edital seja publicado em fevereiro. No final de maio, deve ser realizada a abertura das propostas de leilão.

A licitação deve estar a cargo da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Estavam presentes na reunião os ministros Dilma Rousseff (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Paulo Bernardo (Planejamento), Nelson Jobim (Defesa), além de técnicos da ANTT, do BNDES e do Tesouro.

(Por Ana Paula Paiva)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.