A proposta para substituição da diretoria da Fundação Real Grandeza teve que ser tirada hoje da pauta da reunião do Conselho que estava acontecendo no Rio. O motivo foi uma cláusula do regulamento interno da Fundação, que prevê que uma proposta já rejeitada anteriormente pelo Conselho só pode voltar a ser apresentada por quatro proponentes, entre os seis conselheiros existentes.

Nessa reunião, apenas o presidente do Conselho, Victor Albano, assinou a proposta de substituição do presidente da Fundação, Sérgio Fontes, e do diretor financeiro, Ricardo Gurgel, por Eduardo Garcia, indicado direto do PMDB. A pauta já havia sido rejeitada anteriormente, em dezembro de 2007. A reunião do conselho deliberativo prossegue na sede da Fundação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.