Conselho pune psicóloga que oferecia terapia para curar homossexualismo

BRASÍLIA - O Conselho Federal de Psicologia (CFP) decidiu nesta sexta-feira aplicar uma censura pública à psicóloga carioca Rosângela Alves Justino, que oferecia terapia para curar o homossexualismo masculino e feminino.

Agência Brasil |

Ela infringiu resolução do CFP, de 22 de março de 1999, na qual a entidade afirma que a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão.

A punição aplicada pelo CFP a Rosângela foi menor do que poderia ter sido. A psicóloga estava sujeita à suspensão do exercício profissional por 30 dias ou, até mesmo, à cassação do registro. Entretanto, os conselheiros decidiram, por unanimidade, que a censura pública era a medida mais adequada no caso.

Leia mais sobre: homossexualismo

    Leia tudo sobre: homossexualpreconceito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG