Conselho de Ética retoma investigações contra o deputado Paulinho da Força

BRASÍLIA - O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados retoma as investigações do processo contra o deputado Paulo Pereira (PDT-SDP), o Paulinho da Força. O parlamentar, que responde a processo de cassação do mandato, é acusado de participar de um esquema fraudulento de liberação de verbas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para prefeituras e empresas.

Agência Brasil |

Acordo Ortográfico

Nesta terça-feira (14), às 14h30, o Conselho toma o depoimento do prefeito de Praia Grande (SP), Alberto Mourão, cuja prefeitura teria sido beneficiada com o esquema. O prefeito, que comparece ao conselho como testemunha, nega as acusações.

Na quarta-feira (15), às 14h30, a mulher do deputado Paulinho, Elza Pereira, que é presidente da ONG "Meu Guri", vai prestar depoimento sobre um cheque de R$ 37,5 mil que recebeu de João Pedro de Moura, ex-conselheiro do BNDES e um dos presos na Operação Santa Tereza, da Polícia Federal, que desmantelou o esquema de fraudes.

Ainda na quarta-feira, depois do depoimento de Elza Pereira, o Conselho de Ética ouvirá o vice-presidente afastado do PDT-SP, José Gaspar de Campos.

Leia mais sobre: Operação Santa Tereza

    Leia tudo sobre: operação santa terezapf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG