BRASÍLIA - O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) não esperou o término da reunião do Conselho de Ética para se retirar da sala. Na saída, afirmou à imprensa: é ¿um enterro de quinta categoria¿, se referindo ao arquivamento das seis denúncias contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Vasconcelos disse que não precisava esperar o fim da reunião para saber que o resultado seria o arquivamento. Nunca vi nada parecido. É deplorável, avaliou.

O peemedebista defendeu que o Poder Executivo teve papel preponderante no resultado da votação no Senado. Para ele, o governo não permitiu que a investigação sobre as denúncias contra Sarney prosseguissem e que novas denúncias devem aparecer.

Leia mais sobre: Sarney - Simon

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.