Conselho de Estados quer remédio contra gripe suína

O presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde, Oscar Terra, sugeriu hoje que os secretários requeiram ao Ministério da Saúde a remessa de um quantitativo do medicamento Tamiflu, que pode ser usado no tratamento da gripe suína, para que os Estados possam formar seus próprios estoques. Integrantes do conselho estão reunidos na tarde de hoje com o secretário de Vigilância e Saúde do ministério, Gérson Penna, para discutir providências que devem ser adotadas para enfrentar a ameaça da doença.

Agência Estado |

No entanto, o secretário estadual de saúde do Rio de Janeiro, Sergio Côrtes, disse ser contrário aos estoques mínimos de Tamiflu para os Estados. Para ele, a estratégia do Ministério da Saúde de concentrar o medicamento possibilita maior controle do uso do antiviral e permite que o remédio seja enviado para os locais onde de fato sejam necessários. "Uma vez formado o estoque mínimo há o risco de um secretário apresentar resistência de doar o medicamento para outro Estado que esteja de fato necessitando. A estratégia do ministério é acertadíssima", afirmou Côrtes.

Até a noite de ontem o Ministério da Saúde registrava o monitoramento de 20 casos de pessoas que estiveram em áreas afetadas pela gripe suína e apresentaram algum sintoma de gripe ou mantiveram contatos com indivíduos dessas áreas. De acordo com a pasta, não há evidências de circulação do novo subtipo do vírus da influenza suína A (H1N1) no Brasil.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG