Conselho cria comissão para definir critérios de diagnóstico de anencefalia

Comissão de médicos do Conselho Federal de Medicina irá definir os critérios médicos para o diagnóstico da malformação

Agência Brasil |

STF / Divulgação
Julgamento teve a presença de representantes civis e religiosos no STF
O Conselho Federal de Medicina criou nesta sexta-feira uma comissão especial que vai definir os critérios para o diagnóstico de anencefalia. O trabalho começa este mês e deve ser concluído em 60 dias. Segundo a entidade, depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de permitir a interrupção da gravidez de fetos anencéfalos , é preciso definir os critérios médicos para o diagnóstico da malformação.

A decisão: STF libera o aborto de fetos anencéfalos no Brasil
Frases: Ministros do STF fazem declarações impactantes sobre anencefalia
No iG: Maioria dos leitores é favorável à liberação do aborto de anencéfalos

Apoio: Governo dará suporte em casos de gravidez de anencéfalos

Segundo o CFM, a ideia é que, com o estabelecimento desses pontos, os médicos tenham mais segurança para o diagnóstico dos casos, facilitando a interrupção mais precoce de gestações.

Integrarão a comissão médicos de diversas áreas, além de especialistas em ultrassonografia fetal. Também poderão dar suas contribuições especialistas de algumas das principais universidades e escolas médicas do País.

Leia também:
Paraná e Roraima não têm hospitais públicos qualificados para fazer abortos

Número: 500 bebês sem cérebro nascem por ano no País

Em nota, o conselho destaca que a decisão do STF contribui para o aperfeiçoamento das relações éticas na sociedade. “A antecipação terapêutica do parto nos casos de anencefalia reforça a autonomia da mulher, para quem, nessas situações, a interrupção da gestação não deve ser uma obrigação, mas um direito a ser garantido.”

Casos: 'Minha filha não é um monstro', diz mãe
'STF deve dar mais direitos à mulher', diz mãe que abortou
Opiniões: 'Supremo vai corrigir o erro de oito anos atrás', diz antropóloga
Protesto: Religiosos fazem vigília em frente ao STF contra aborto de anencéfalos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG