Congresso quer abrir ¿janela¿ para troca-troca partidário

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga nesta quarta-feira (12) duas ações diretas de inconstitucionalidade (Adin) contra a Resolução 22.610/07, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que disciplinou a fidelidade partidária. Mas, independentemente da decisão dos ministros, que tendem a ratificar o texto do TSE, o Congresso se movimenta para criar regras mais frouxas para o troca-troca partidário.

Congresso em Foco |

Parlamentares ouvidos pelo Congresso em Foco acreditam que a decisão do Supremo não deve ter influência no debate. No máximo, ajudará a acelerar a aprovação de uma lei tratando sobre o tema. Tramitam no Congresso atualmente 26 projetos que tratam da fidelidade partidária.

Leia tudo no Congresso em Foco.

Leia também:

    Leia tudo sobre: fidelidade partidária

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG