Congresso encontrará solução para crise, diz Dilma

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou hoje à noite, antes da entrega do Prêmio Anamaco, que o Congresso encontrará as soluções para seus próprios problemas. Segundo Dilma, o governo é a favor de todas as apurações e não vai se prestar à demonização de ninguém, referindo-se, como já fizera em entrevistas anteriores, ao movimento de culpar apenas o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pelos escândalos recentes da Casa.

Agência Estado |

A ministra afirmou que não se pode atribuir a responsabilidade dos problemas do Congresso a uma só pessoa. "No Brasil, há a tática da pizza. Não se apura nada, não se transforma nada e esconde-se tudo debaixo do tapete."

Dilma reiterou que o Poder Executivo não vai interferir nas questões do Senado porque isso não é adequado nem respeitoso. Falando sobre o prêmio "Operária N.º 1", que receberá hoje da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), Dilma afirmou que o troféu é uma valorização das ações do governo na área de infraestrutura.

A Anamaco é uma associação que reúne as empresas fornecedoras do setor de construção civil e concedeu o prêmio à ministra em homenagem à sua atuação no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG