Dos 2.021 voos nacionais, 21,3% (431) estão atrasados e 3,3% (67) foram cancelados, de acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

A Infraero conta apenas os voos que decolam com pelo menos 30 minutos de atraso.

O aeroporto de Congonhas tem 38% dos voos atrasados, enquanto Cumbica tem 34,7%. O aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro, tem 40,6% de atrasos.

Os demais aeroportos com os maiores índices de atraso são: Porto Alegre (22,7%), Belo Horizonte, Pampulha (20,6%), Curitiba (19%), Fortaleza (18,3%), Vitória (17,5%) e Salvador (12,3%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.