Confrontos entre PM e suspeitos deixam 7 mortos no Rio

Pelo menos sete pessoas morreram, entre elas uma passageira de um ônibus e um policial militar, após confrontos entre policiais militares e suspeitos, em três regiões do Rio, entre a noite de ontem e madrugada de hoje. Os confrontos aconteceram na Tijuca, em Colégio e no Rio Comprido.

Agência Estado |

Ontem à noite, dois homens em uma moto, suspeitos de roubos na Tijuca, foram abordados por policiais militares. Houve tiroteio nas ruas Professor Gabizzo e Haddock Lobo. Miriam Santos Souza, de 50 anos, foi baleada na cabeça por uma bala perdida e morreu quando estava em um ônibus. Um outro passageiro - um homem, de 39 anos - ficou ferido com estilhaços e foi levado para o Hospital do Andaraí, sem gravidade. Os dois suspeitos foram baleados e morreram no local.

Nesta madrugada, policiais militares foram recebidos a tiros na Favela Para-Pedro, em Colégio. Durante o tiroteio, três supostos traficantes foram alvejados e morreram no local. Foram apreendidas três pistolas, cápsulas de cocaína e munição.

Já na manhã de hoje, um policial militar foi morto e outro ficou ferido após suspeitos atirarem contra a viatura, que estava no Centro de Convenções Sul América, próximo ao Viaduto Paulo de Frontin, no Rio Comprido. Segundo a PM, um carro passou em frente à viatura, por volta das 7h15, e atirou contra os policiais. O sargento Alexandre morreu e o soldado Wanzeler foi socorrido para o Hospital da PM, com ferimentos no abdome, braço e perna. Ele não corre risco de morte.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG