O Ministério da Saúde informou hoje que 56 novos casos de contaminação pelo vírus A (H1N1), doença mais conhecida como gripe suína, foram confirmados no País. Desde ontem, 13 pessoas foram diagnosticadas com o vírus no Estado de São Paulo, oito no Rio de Janeiro, seis no Paraná, seis em Minas Gerais, quatro em Pernambuco, quatro na Bahia, quatro em Mato Grosso do Sul, três no Ceará, três em Santa Catarina, um no Amapá, um no Distrito Federal, um em Goiás, um em Mato Grosso e um no Rio Grande do Sul.

Os números foram repassados ao ministério pelas Secretarias Estaduais até 9h da manhã deste sábado.

Com os novos casos, o total de pessoas contaminadas desde o dia 8 de maio subiu para 812. A maior parte dos casos confirmados está em São Paulo, que registra 338 pessoas contaminadas; seguido por Rio Grande do Sul, com 102 casos; Rio de Janeiro, com 91; e Minas Gerais, com 90. O Ministério da Saúde acompanha 1.414 casos suspeitos e aguarda o resultado da análise laboratorial de amostras dos pacientes. Outros 1.203 casos foram descartados.

Desde ontem, o Ministério da Saúde orienta que os pacientes procurem o atendimento médico mais próximo ao sentirem sintomas leves associados à doença. Após o diagnóstico, o médico deverá decidir se o caso exige isolamento ou, nos casos mais graves, internação nos 62 hospitais de referência em todo o País. Somente os pacientes com fortes dores de cabeça ou tosse persistente deverão procurar os centros de referência. As mudanças foram adotadas para proporcionar atendimento mais ágil aos casos mais graves.

Também desde ontem, o Ministério da Saúde informou que apenas pessoas mais vulneráveis e casos mais graves passarão por exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico de influenza A (H1N1). Antes, todos os casos suspeitos eram testados em laboratório e, de acordo com o Ministério da Saúde, entre 70% e 75% das amostras coletadas nos laboratórios Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro, e no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, tiveram resultado negativo para essa gripe.

Apesar das 812 confirmações, até o momento, o País registrou apenas uma morte em decorrência da gripe suína. Em todo o mundo, são 93.268 casos confirmados em 116 países e 412 mortes.

Entenda:


Leia também:


Leia mais sobre: gripe suína

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.