Confirmada primeira morte por dengue no Piauí

Pedreiro de Parnaíba morreu na madrugada de segunda-feira. Estado teve aumento de 70% no número de casos

Wilson Lima, iG Maranhão |

A Secretaria da Saúde do Piauí confirmou nesta terça-feira de carnaval a primeira morte por dengue hemorrágica no Estado em 2011. A vítima é o pedreiro Genivaldo Ribeiro de Araújo, de 41 anos, morador da cidade de Parnaíba, distante cerca de 310 quilômetros de Teresina. No Piauí, o número de casos de dengue aumentou 70% nos dois primeiros meses de 2011 em comparação com igual período do ano passado.

Genivaldo Araújo morreu na madrugada de segunda-feira, quando estava internado no Hospital Dirceu Arcoverde. Pelas informações da Secretaria de Saúde piauiense, ele tinha contraído a doença cinco dias antes de ser internado e já apresentava um quadro avançado da doença. Os parentes de Genivaldo acreditavam que ele tinha apenas uma virose. O pedreiro era casado e tinha três filhos.

Apesar de ter registrado o primeiro caso de morte por dengue no Estado, Parnaíba é um dos municípios que registraram os menores números de casos da doença no Piauí. Foram apenas oito registros até o final da primeira semana de fevereiro. Em todo o Estado, 1.797 pessoas já contraíram a doença este ano. A maioria delas, 542, vive em Teresina.

A dengue hemorrágica normalmente se manifesta de três a cinco dias após a dengue clássica e tem como sintomas queda de pressão, dores no estômago e abaixo das costelas, sangramento pelo nariz, boca e gengivas, entre outros sintomas.

    Leia tudo sobre: denguePiauímorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG