Condenado por degolar mulher é preso no Senado

A Polícia do Senado prendeu hoje nas proximidades do plenário o eletricista Francisco Carlos Ximenes, de 51 anos, condenado a cumprir pena no Complexo Penitenciário de Brasília, mais conhecido como Presídio da Papuda, por ter degolado a mulher. Ximenes chamou a atenção quando, ao se submeter à triagem para acompanhar a sessão da galeria, pôs-se a gritar, chamando os senadores de ladrões e bandidos.

Agência Estado |

Algemado, foi levado ao setor de segurança da Casa, onde o acesso à ficha mostrou que ele é foragido por ter violado regras da liberdade condicional após cumprir três anos de prisão. Natural de Barras (PI), Ximenes teria dito aos policiais que a intenção era a de se atirar do recito para chamar a atenção dos parlamentares. Ainda hoje, o eletricista seria encaminhado para a Coordenação de Polícia Especializada (CPE).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG